Campanha Crowdfunding Viveiros de Janas

wa8d8j6wzbatvlrppoh6

Video Promocional da Campanha de Angariação de Fundos!

Breve Descrição

A Ecoaldeia de Janas é um colectivo de pessoas unidas na construção e vivência de um centro de educação não formal para a sustentabilidade prática. Estamos sediados numa das paisagens do conhecido Parque Natural Sintra-Cascais, património mundial da UNESCO e referência da conservação da natureza nacional. Este colectivo trabalha activamente desde 2012 na construção e desenvolvimento deste centro educativo, aplicando e partilhando soluções práticas e inovadoras em prol de uma maior resiliência à escala local e regional.

Os objectivos desta iniciativa estão baseados no desenvolvimento da experiência e técnica através de uma aprendizagem contínua e prática nos diversos temas e elementos da sustentabilidade que são efectivamente necessários para atingir um sistema ecológico e social em equilíbrio.

Este colectivo tem vindo a construir uma rede coesa de colaboradores, alunos, formadores e técnicos e residentes através de diversas actividades, serviços e produções locais: agrofloresta, viveiros florestais e agrícolas, apicultura natural, ofícios manuais e tradicionais, carpintaria e construção natural, restauro ecológico, consultadoria ambiental e design, educação e formação, produção local e artesanal (conserva saloia de frutas e vegetais, cerveja e sidra artesanal, cogumelos, entre outras).

O foco em trabalhar a recuperação da paisagem ecológica (solo, biodiversidade vegetal e animal) foi desde o início uma das principais áreas de intevenção prioritárias na Ecoaldeia de Janas.

Após quatro anos neste trabalho activo de restauro ecológico a paisagem onde estamos sediados é um exemplo vivo e um caso de estudo de uma sucessão ecológica eficaz com elevados índices de aumento de biodiversidade e produtividade (biomassa, vegetação, forragem, qualidade do solo, animais auxiliares e de pastoreio, abelhas, retenção e disponibilidade de água, entre outras).

Ao longo deste tempo e conjuntamente com o centro de formação e visão pedagógica, temos vindo a adquirir diversas capacidades técnicas na propagação de plantas (sementes, herbáceas, arbustos e árvores) e partilhado este conhecimento prático com colaboradores, formadores e alunos das actividades formativas.

Nos anos pioneiros construímos um pequeno viveiro agroflorestal e local para suportar a visão e o plano de recuperação ecológica da paisagem. Este viveiro também permitiu o apoio a outras iniciativas e parcerias locais e regionais com objectivos semelhantes e com necessidades em adquirir plantas e árvores com qualidade e biodiversidade para diversas funções ecológicas. Neste momento temos mais de quatro mil variedades de plantas de árvores e arbustos no viveiro e prevê-se já neste ano corrente atingir os dez mil exemplares.

Este é o momento certo para dar o grande salto, partilhar a nossa experiência, conhecimento e capacidades técnicas e ter um maior impacto no desenvolvimento da restauração ecológica através da implementação de um viveiro de árvores com maior dimensão e capacidade.

O nosso principal objectivo é a implementação de um viveiro de grande escala para produção diversa de espécies de árvores, arbustos e plantas herbáceas, classificadas em três áreas principais de acção e investigação:

árvores-e-arbustos_apxosr

(i) investigação, recuperação, propagação e conservação de variedades de plantas nativas e tradicionais (naturalmente adaptadas ao clima e condições abióticas de Portugal);

(ii) investigação, propagação, conservação e introdução de variedades de árvores adaptadas ao clima mediterrânico e com elevado potencial e diversas funções ecológicas para sistemas agroflorestais e recuperação de ecossistemas;

(iii) investigação, recuperação, propagação e conservação de árvores frutíferas e variedades tradicionais para alimentação humana (naturalmente adaptadas ao clima e condições abióticas de Portugal);

 

O que precisamos e o que recebes

Para implementar o projecto de construção do viveiro florestal de uma forma estável e sustentável estamos a necessitar, nesta fase inicial, de um suporte colaborativo de 4.900 euros (5.600 dólares). Este é o montante mínimo considerado nesta campanha e que tem como objectivo angariar o mínimo essencial para o arranque do projecto e etapas iniciais de investimento, numa iniciativa que pretende produzir mais de 20 000 árvores no segundo ano de implementação.

a-construir_pi7z0z

O montante angariado e previsto nesta campanha colaborativa será repartido em três áreas principais de construção e implementação:

(i) um viveiro de 80 m2 de estrutura em madeira e vidro e com bancadas próprias de propagação de plantas. A equipa da Ecoaldeia de Janas suporta os processos construtivos da estrutura.

(ii) um queimador de biomassa que vai funcionar como aquecedor para a regulação da temperatura de inverno, fundamental para manter as condições bióticas e abióticas para a conservação e manutenção das plantas em estufa (principalmente para as espécies raras e em perigo de extinção, reduzindo assim a probabilidade de perdas)

(iii) a instalação de um sistema de aquaponia que vai garantir um sistema combinado e em circuito fechado para fertilizar as plantas, garantir as necessidades nutricionais, aumentar a produtividade e reduzir os resíduos através da reutilização dos subprodutos.

Todo o orçamento está dimensionado para garantir a quantidade mínima de investimento que é necessária para implementar a fase de arranque do viveiro de árvores agroflorestais. Se não atingirmos esta meta colaborativa, iniciaremos apenas com a instalação da estufa de madeira e bancadas de propagação de plantas e sementes de árvores.

Ao colaborares com esta campanha, o que podes ganhar está estritamente relacionado com o impacto da iniciativa (ver a próxima secção) que entre outras possibilidades, ressalvamos as seguintes: visitar, aprender e praticar com técnicos experientes, como implementar e manter um viveiro combinado com três sistemas (propagação, queimador de biomassa e aquaponia), ter acesso e adquirir a biodiversidade de plantas e sementes para diversas funções, ter suporte técnico para serviços exteriores de design ecológico e restauro agroflorestal e colaborar com um projecto que actua directamente como sumidouro de carbono devido ao papel importante que a árvore tem neste sentido.

A campanha de angariação de fundos está dividida por diversos retornos e vantagens em biodiversidade e quantidades de plantas ou sementes para instalares a tua agrofloresta (etapas iniciais ou avançadas). Ao colaborares vais poder receber sementes, tubérculos, plantas, árvores de fruto e indicadas para a agrofloresta. Poderás também participar em acções de formação sobre agrofloresta na Ecoaldeia de Janas e obter um certificado como co-fundador deste viveiro de árvores.

 

Impacto da Iniciativa

Acreditamos que teremos um impacto significativo e um papel educacional importante na restauração ecológica de florestas, agroflorestas e paisagens danificadas pela intervenção humana ao longo das ultimas décadas. Estamos capacitados com conhecimento, ferramentas, técnicas e experiência na propagação e conservação de plantas florestais, arbustivas e herbáceas e sementes. Um viveiro florestal com maior dimensão vai trazer a possibilidade de produzir (propagar) uma maior quantidade de plantas e suportar melhor os projectos parceiros com actividades semelhantes ou colaboradores e visitantes que necessitam de adquirir plantas com grande variedade de funções e riqueza em espécies diversas.

A criação de um viveiro com três grandes áreas de intervenção de regeneração florestal (plantas nativas, plantas mediterrânicas e raras com elevado potencial, plantas frutíferas tradicionais) tem uma contribuição pedagógica e ecológica muito importante na recuperação de espécies, muitas delas com risco de extinção ou em perigo.

Este novo viveiro estará aberto ao público e será utilizado para facilitar acções de formação aos visitantes (público em geral, grupos escolares, etc) com grande foco na sensibilização sobre a importância da preservação das espécies para o equilíbrio e resiliência da biodiversidade nos ecossistemas agroflorestais.

Esta iniciativa vai permitir ter um espaço aberto e preparado para receber e facilitar acções de formação para adultos e acções de sensibilização para grupos e escolas. Estaremos igualmente disponíveis para levar o nosso trabalho e conhecimento às escolas e instituições da região.

A agrofloresta é um grande sumidouro de carbono da biosfera: as florestas podem acumular a longo prazo grandes quantidades de carbono, quer no material vegetal, quer na matéria orgânica. São diversos os relatórios científicos e acordos intergovernamentais para o combate às alterações climáticas que referem a importância da conservação e reflorestação das florestas por estas serem consideradas um dos reservatórios de carbono mais importantes à escala global e local. O aumento da área destes ecossistemas terá um impacte positivo na capacidade de sumidouro de carbono da biosfera e ao colaborares com esta iniciativa estás a suportar directa e indirectamente este efeito positivo. Vamos propagar plantas, árvores e sementes para a instalação de agroflorestas e sumidouros de carbono e o teu apoio é essencial.

Um dos nossos objectivos vai passar também por dar a oportunidade de iniciativas como o viveiro florestal de Janas poder ser replicado noutras localidades do país. Estamos capacitados e motivados para colaborar com quem quiser iniciar um viveiro com grande variedade em espécies de plantas e sementes, incluindo o suporte técnico de um sistema combinado (estrutura em madeira e vidro, bancadas de propagação, aquecimento a biomassa e aquaponia). Entre alguns parceiros destacamos a colaboração com a plataforma de voluntariado WWOOF Portugal (https://www.wwoof.pt/pt) e a Associação Plantar Uma Árvore (http://www.plantarumaarvore.org/) .

A visão a médio e longo prazo passa muito pela criação de parcerias estratégicas com as instituições governamentais da região para que possamos trabalhar em conjunto com as políticas de intervenção local e regional. Neste sentido, o viveiro florestal de Janas terá um papel importante na criação de um banco de sementes e plantas da região, nativas, tradicionais, raras e com grande potencial ecológico de

regeneração.

 

Riscos e desafios

Estamos conscientes dos riscos envolvidos na construção de um novo e maior viveiro de árvores e plantas. Estamos capacitados com experiência, técnicas e ferramentas para desenvolver e manter um viveiro e propagação de plantas em bancadas e a instalação de um sistema de combinado de aquecimento e de aquaponia, o que implica custos adicionais de manutenção e que estão considerados nesta etapa inicial. Esta campanha de angariação tem o objectivo de suportar o arranque e investimentos iniciais da instalação de um viveiro. Está planeado a criação de um modelo sustentável para o funcionamento de todo o projecto, a médio e longo prazo.

É sempre um desafio encontrar um equilíbrio estável de uma iniciativa que está em crescimento, incluindo a ligação com as parcerias locais e regionais, colaboradores e visitantes. Um dos nossos grandes desafios será levar as pessoas a envolverem-se no projecto e a suportarem a nossa visão e estabelecer parcerias estratégicas com as instituições governamentais locais e regionais. Para este fim, desenhamos um plano de comunicação com um design original que garanta a publicação regular de notícias com os desenvolvimentos da implementação e funcionamento de todo o projecto a curto, médio e longo prazo.

 

Outras formas de colaborares

 

Existem outras formas de colaborares com esta iniciativa:
– Visita-nos, partilha e passa a mensagem. Juntos podemos plantar e restaurar florestas. Visita o nosso website em www.ecoaldeiajanas.org
– Vista as nossas redes sociais e partilha a campanha de angariação de fundos em www.facebook.com/ecoaldeiajanas
– Faz donativos em géneros de equipamento para as três áreas principais de implementação do viveiro (viveiro em madeira e vidro, aquecimento a biomassa e sistema de aquaponia)
– Faz donativos em árvores, plantas e sementes
– Colabora com voluntariado e vem ajudar!
Estamos localizados na Rua do Luzio, Janas 2710-267 Sintra, Portugal.

O nosso número é +351 216013334 ou +351 934614320