A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Workshop Compostagem & Saneamento Seco

19 Março, 2016 às 9:00 - 18:00

 

O Saneamento Seco é uma alternativa ao sistema convencional de saneamento utilizado nas nossas casas e que tem a vantagem de ser totalmente móvel e não requerer qualquer instalação ou canalização. Tem como mote a circunstância de que tudo Composta e que os nutrientes que compôem o Estrumano podem e devem voltar ao Sólo de onde são provenientes, para dessa forma providenciar novos alimentos a nós humanos.

A necessária compostagem, controlada e efiscazmente executada, possibilita uma segura forma de devolver ao Sólo esses nutrientes e baseia-se no sistema desenvolvido pelo meu amigo Joe Jenkins que no seu livro Humanure, (Estrumano) pôe em evidência a sua experiência de mais de 30 anos nestas andanças com a sua “Lovable Loo” O processo termofílico utilizado na pilha de composto permite a erradicação de todos os patógenos que possam existir nas fezes ou urina humanas assegurando um composto de alta qualidade para produção de alimentos e para o jardim ou bosque comestível.

A acção inscreve-se nos números 851 e 522 da portaria 256 de 2005 de 16 de Março, in Diário da República I Série-B, Portugal.

 

Quando?     Sábado, 19 de Março 2016 , das 9h30 às 18h

 

Objectivos Gerais e Destinatários

 

A acção de formação que se propõe visa dotar a generalidade das pessoas, público em geral, com conhecimentos sobre a compostagem e tratamento dos dejectos humanos de forma simples, limpa e inodora em suas próprias casas com recurso a poucos materias e pouco esforço. Assim poderemos todos ter um ambiente mais saudavel e regenerativo apoiando efectivamente a reconstituição dos solos que tanto têm sofrido com a deficiência de nutrientes e com a deposição de lamas poluídas provenientes das ETAR das nossas cidades, vilas e aldeias.

Os destinatários desta acção são todos aqueles que sabendo ler e escrever tenham interesse na matéria e que vejam nela uma forma de melhor desenhar o seu Futuro colectivo.

 

Objectivos Específicos

 

Os Objectivos específicos desta acção de formação visam dotar os participantes dos conhecimentos que lhes permitam Identificar, Analisar e Escolher os sistemas de Saneamento Seco que mais se adequam à sua realidade urbana e doméstica tendo acesso a alternativas viáveis.

 

Conteúdos  e  Programa   

Este Curso terá a duração de 6 horas divididas em 2 módulos individuais, teórico e prático. No primeiro módulo incluir-se-á a apresentação, introdução e visão holística que preside ao curso em termos do enquadramento Espiritual e Ambiental do Homem, face ao que se espera dele na Natureza, hoje, tendo como mote a seguinte ideia.

“O resultado da digestão dos nutrientes que constituem o nosso alimento devem voltar ao solo, que deles necessita, para alimentar os organismos que deles se servem para assim decomporem os açucares que alimentarão as plantas”

 

Como funciona o ciclo dos nutrientes na natureza e como esse ciclo deve ser um ciclo fechado e não um ciclo aberto como actualmente é encarado. Como realizar um sistema simples de recolecção dos dejectos humanos de forma efectiva, limpa e inodora nas nossa casas sem comprometer o conforto e a necessária higiene do lugar. Como construir a solução de saneamento seco mais simples e eficaz e como analisar e instalar sistemas mais complexos que apesar disso replicam os mesmo sistema natural na decomposição da matéria orgânica na presença do oxigénio do ar e por isso inodoro. Casos praticos. Estudo de casos. Demosntação funcional de
uma solução móvel.

 

Módulo 1 | manhã

Uma visão Holística do uso do recurso “Estrumano” nos aglomerados humanos. Apresentação teórica dos diferentes tipos de sistemas de Saneamento Seco e seus componentes bem como variantes.

Módulo 2 | tarde

Visita guiada ao Compostor da Ecoaldeia de Janas para análise comparativa com um compostor que dever servir o propósito de Compostar o “Estrumano”. Visita guiada a uma sistema móvel de saneamento seco e seus modos de instalação em qualquer lugar onde possa ser necessário.
Técnicas de compostagem e de verificção da temperatura da pilha de composto. O termómetro de compostor. Análise quimica e bacteriológica ao resultado de um composto com maturação de 1 e 2 anos respectivamente (sujeito à existência de amostras para análise).

 

Conclusão

No final da acção de formação os participantes serão capazes de identificar, analisar e apontar os diferentes tipos de sistemas de Saneamento Seco com base nos seus componentes e determinar os limites para o seu uso bem assim como claramente propor alternativas perante diferentes opções de instalações urbanas ou rurais.

 

Como posso participar?

 

Valor de troca |  um valor entre 30€(mínimo) a 40€(máximo)*

Nota | fazemos uma atenção a inscrições duplas ou de grupo. Contacta se este é o teu caso!

*As desistências devem ser comunicadas até 10 dias antes da data dos workshops para devolução total do investimento.

A Ecoaldeia de Janas segue com vários eventos numa linha de economia da dádiva e de co-responsabilidade. Para esta formação calculámos um mínimo de 30 euros/participante e um máximo de 40 euros/participante para suportar diferentes possibilidades de contribuição consoante a disponibilidade financeira dos participantes.

 

Formador | Jorge Crespo | Permacultor, técnico de energia solar fotovoltaica e formador

 

Permacultor certificado pelo Instituto Britânico de Permacultura desde 2006 faz da energia Solar um dos pilares da sua vocação de formação e interesse. Dada a correlação de assuntos que dizem respeito aos Assentamentos Humanos, é neles que se foca como forma de dar a conhecer formas de regeneração que visem dotar os seus iguais de uma visão holística integrada de desenvolvimento regenerativo. Transformar o Planeta, nossa casa, num lugar mais aprazível para todos, conhecendo melhor os seus limites e especificidades, é uma missão sem fim que visa alinhar a vida dos humanos com essa misteriosa aventura que é a VIDA.

 

Solos, Água, Ecossistemas, Estruturas e Ofícios são alguns do seus pontos de interesse mais directo sendo apenas alguns dos 14 temas sobre o que a Permacultura versa. Ser criador da realidade aqui e agora é a paixão que o move rumo ao desconhecido e em constante evolução. Trabalhou como especialista de produto numa multinacional durante 15 anos e nela pôde experienciar a comunicação com os outros em espaços de formação e experimentação. De formação em electrónica fez da energia o mote para a fazer mais eficiente no uso, tentando fazê-la chegar onde ainda só chegou de forma incipiente ou deformada. Publicou, com um colectivo de Permacultores, um estudo de implantação de um modelo Permacultural para uma Aldeia do Alentejo. “Amoreiras, Permacultura para uma Aldeia”.

 

Foi o responsável pela instalação, em conjunto com o colectivo de produção do Boom Festival, de uma visão para os sistemas de energia Solar existentes na herdade da Granja, em Idanha a Velha em 2008 e 2012, tendo sido o seu instalador e designer conjuntamente com o amigo François.

Já instalou alguns sistemas de energia Solar fotovoltaica por aí fora sendo o mais ilustrativo aquele que se encontra instalado na Quintinha de Monserrate adstrita ao Parque de Monserrate em Sintra. Um projecto Life da Unesco. Trata-se de uma central didáctica totalmente funcional concebida pela Balance in Nature, do amigo François, e de que foi o responsável por toda a concepção eléctrica da dita. Revolve à volta da energia das águas, numa micro-hidroeléctrica, uma eólica e um sistema fotovoltaico. Visitem-na que vale bem a pena. É na concepção de sistemas mais humildes que tem concentrado a sua atenção sendo nas unidades transportáveis e móveis que concentra os seus esforços de criatividade.

http://monte-aton.org/files/0bf4e9b41a97f96e579a7a02c359e5ba-9.php

Faz também trabalho na área de saneamento seco, WWC, sendo a sua casa o seu laboratório por excelência.
http://monte-aton.org/files/612eed08f99cc8dddedb17c88e0fe4db-8.php

O seu sítio web pode ser visto em   http://monte-aton.org

 

Inscrições | preencher o formulário aqui  ou  cesa@ecoaldeiajanas.org

Detalhes

Data:
19 Março, 2016
Hora:
9:00 - 18:00