A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Curso Construção Natural 7 Dias 7 Formadores 7 Técnicas

15 Agosto, 2016 às 9:00 - 21 Agosto, 2016 às 18:00

€40 - €250

Neste Curso de Construção Natural vamos dar a conhecer as bases e fundamentos de um conjunto alargado de técnicas de bioconstrução: carpintaria e trabalho em toros de madeira (roundwood), coberturas verdes (greenroofing), tabiques, saneamento seco e energias alternativas, construção com barro, argamassas e rebocos e pavimentação com cerâmicas tradicionais (do processo à aplicação). Os participantes irão aprender os fundamentos e aplicações práticas de diferentes materiais juntamente com uma equipa experiente e multi-facetada e participar numa instalação de forma a complementar o conhecimento técnico com a prática. A Ecoaldeia de Janas tem aplicado desde 2012 diversas técnicas de construção natural sendo hoje em dia um exemplo e laboratório experimental de técnicas que complementam todas as acções de formação sobre o tema da bioconstrução.

 

Quando? Segunda a Domingo, 15 a 21 de Agosto 2016


Pré Inscrição  ecoaldeiajanas.org/inscricoes

 

Objectivos Gerais

 

Dar a conhecer as bases fundamentais, os processos e técnicas tradicionais de um conjunto alargado de técnicas em construção natural e com uma equipa de técnicos com uma larga experiência e portfolio e que possam partilhar este conhecimento com os formandos numa formação técnica de um dia. O objectivo será o ensino dos fundamentos, com demonstração de casos práticos e reais e aplicar a técnica/material adequado às instalações da Ecoaldeia de Janas.

O programa completo está desenhado para que os participantes adquiram um conhecimento teórico-prático e técnico para que no final da formação estejam aptos para aplicação, desenvolvimento em âmbito profissional da construção natural, complemento de currículo na área e criação de rede com técnicos e experientes na área.

 

Datas e Workshops do Curso Completo e Formadores

 

Dia 1 – 15 Ago – Introdução à Construção Natural – Américo Firmino (Obras de Terra e colaborador Ass. Arte Imaginário)
Dia 2 – 16 Ago – Carpintaria e Estrutura em Toros – Afonso David (Madeiras de Sintra & Ecoaldeia de Janas)
Dia 3 – 17 Ago – Construção WS seco e Energias Alternativas – Miguel Pereira (Ass. Existências Alternativas)
Dia 4 – 18 Ago – Coberturas Verdes e Tabiques – Afonso David (Madeiras de Sintra & Ecoaldeia de Janas)
Dia 5 – 19 Ago – Construção em Barro – Rui Vasques (ONG Live With Earth, IADE Community Ecovillage Research)
Dia 6 – 20 Ago – Materiais Cerâmicos Artesanais – Equipa do Telheiro Arq. Tânia Teixeira, Arq.Nuno Grenha, Mestre Mafalda Rosário (Oficinas do Convento)
Dia 7 – 21 Ago – Argamassas e Rebocos – Diogo Pires (GEOBIOTEC, DDL Argamassas)

 

Objectivos Técnicos de cada Workshop e Transversais ao Curso Completo

 

– Breve introdução geral sobre o tema/técnica.
– Fundamentos técnicos e demonstração de aplicações da técnica/materiais em diversos contextos.
– Identificar e caracterizar diversas ferramentas manuais (e/ou máquinas quando aplicável) e instrumentos para aplicação da técnica.
– Executar e aplicar na prática um processo simples envolvendo operações elementares, numa construção permanente ou numa construção modular demonstrativa e que permita ao formando exercer no contexto da formação.

 

Programa Geral por Workshop (programa diário detalhado no INFOPACK)

 

Dia 1. Introdução à Construção Natural

Este dia será direccionado à introdução à bioconstrução com a partilha e experiência de Américo Firmino que irá expor o estado da arte sobre o tema em Portugal e as técnicas tradicionais de construção. Será também uma oficina teórico-prática onde serão expostos conhecimentos e experiências sobre o assunto, permitindo pôr as mãos na massa e levar os formandos a uma viagem em que a tradição e a contemporaneidade, a escultura, a arquitectura e a preservação da natureza se conjugam num todo e que se pode habita. Uma introdução fundamental para a jornada de oficinas práticas que incluem todo o ciclo de técnicas ao longo da semana.

 

Dia 2. Carpintaria e Estrutura em Toros

Nesta formação vamos dar a conhecer uma das técnicas fundamentais para construção em madeira não processada, ou seja, em toros e os diversos encaixes para diferentes aspectos estruturais. Os formandos serão iniciados à carpintaria e ao trabalho com madeiras, os cortes, a preparação, os encaixes e a construção, com direcção de Afonso David, bioconstrutor, carpinteiro e permacultor. O Maneio Florestal será também abordado numa óptica prática, com alusão aos recursos existentes da floresta portuguesa, as épocas de colheita e as espécies e suas aplicações. A parte prática envolve a aplicação de algumas das técnicas numa estrutura em desenvolvimento e onde serão executadas várias aplicações ao longo da semana, integrando diversas técnicas e materiais.

 

Dia 3. Construção WS seco e Energias Alternativas

Neste dia vamos ter a presença de Miguel Pereira, bioconstrutor e técnico de energias alternativas, e que irá dirigir o grupo de formandos na instalação de uma estrutura de saneamento seco. Esta estrutura é uma alternativa ao sistema convencional utilizado nas nossas casas, não necessita de canalização, pode ser transportável, e o composto trabalhado é reutilizado e volta para o (eco)sistema. Tudo é passível de ser composto e voltar ao solo. É por isso uma das formas de reaproveitamento de “energia”. Será também um dia dedicado às energias alternativas e os formandos serão introduzidos às diferentes soluções simples e acessíveis na óptica do utilizador comum e doméstico no que trata à instalação de diversas técnicas de reaproveitamento de energia (solar, térmica, biogás, entre outras).

 

Dia 4. Coberturas Verdes e Tabiques

Neste dia dedicaremos-nos a duas das técnicas mais utilizadas em construção natural: a cobertura verde de telhados e a utilização de tabiques para a elevação de paredes interiores e não estruturais. Vamos conhecer os fundamentos teóricos e alguns casos de estudo, bem como aplicar as técnicas no terreno. Existem diversos tipos de aplicação, consoante o local, a inclinação, o objectivo e os recursos disponíveis. Os formandos irão aprender que soluções e que recursos aplicar para cada situação, desde os materiais de estrutura (em ambas as técnicas), e da impermeabilização, de irrigação ao material e cobertura vegetal, cujas plantas têm exigências específicas (no caso do greenroofing). Afonso David irá também partilhar exemplos práticos reais de algumas coberturas verdes instaladas na Ecoaldeia de Janas.

 

Dia 5. Construção em Barro

Neste workshop, pelo formador e designer Rui Vasques, iremos falar de várias técnicas de construção em terra (Cordwood, Cob, Taipa, Tabique, Superadobe…), com foco na utilização da argila, e das várias misturas que podemos realizar com outras matérias primas para adquirir o melhor material de construção a partir da análise dos recursos locais. Será composto por componente teórica, através de explicação das técnicas e métodos, assim como apresentação do projeto “Live With Earth – Eco-Village Community”, e demonstração visual de alguns protótipos, testes e construções já realizadas. Irá também ter uma parte prática, onde iremos aprender a fazer testes de terra, para estratificar as camadas de composição do solo, assim como vários testes para detectar a quantidade de argila existente, e também de limo e areia (os três componentes principais do Solo), e onde vamos também, através da argila local, pode trabalhar com este material, realizar diferentes misturas, e no fim, fazer uma construção funcional com o material argiloso nas instalações da Ecoaldeia de Janas.

 

Dia 6. Materiais Cerâmicos Artesanais – do processo à aplicação

Neste workshop, a equipa das Oficinas do Convento irá capacitar os formandos com os fundamentos práticos da utilização da terra como material de cerâmica tradicional para construção e pavimentação. Após uma breve abordagem ao contexto histórico e aplicação contemporânea da terra como material estrutural, serão expostos os fundamentos de diversos processos e aplicações: deste a forma de extracção e preparação, à modulação de diferentes formas, à criação de terra crua e terracota e sua cozedura, à aplicação do tijolo e tijoleira e também passando pela pavimentação tradicional das “eiras”, cuja presença e função nas casas e quintas tradicionais sempre foi devidamente reconhecida.

 

Dia 7. Argamassas e Rebocos

Neste dia vamos ter a presença de Diogo Pires, investigador e técnico de argamassas e rebocos, que irá capacitar os formandos com todos os fundamentos sobre o tema, desde os diferentes tipos de materiais, constituição de recursos elementares e das diferentes misturas que podem ser criadas consoante a aplicação, estrutura, durabilidade e efeito desejado (estético e térmico). Será um workshop essencialmente técnico que irá dotar os participantes com conhecimento base e completo para as suas utilizações no futuro, e ainda complementando com uma actividade prática com aplicação numa estrutura em desenvolvimento durante o curso de bioconstrução.

 

Destinatários

Direccionado a iniciantes, amadores e profissionais da área (ou relacionado) que queiram complementar a sua experiência e conhecimento com um grupo experiente de técnicos. Não é necessária experiência prévia nem ferramentas próprias.

 

Como posso participar?

– Curso Completo 7 Workshops (7 dias) | 250€ / pessoa*
– Workshop Técnico (1 dia) | 40 € / pessoa

*Inclui alimentação base (1 peq. almoço + 2 refeições principais) + estadia em campismo (trazer tenda, saco cama e material de suporte)

Nota: As desistências devem ser comunicadas até 10 dias antes da data dos workshops para devolução total do investimento.

Inscrições Duplas ou de Grupo: fazemos uma atenção para participações duplas ou em grupo. Contacta se este é o teu caso!

 

// INSCRIÇÃO e contactos

 

ecoaldeiajanas.org/inscricoes
ou
email, contacto e localidade para
geral@ecoaldeiajanas.org
ou
967992749

 

Formadores e Portfolios Profissionais (com links)

 

Américo Firmino – Obras de Terra 
 
Américo Firmino é formador de Tecnologias de Cinema e Vídeo desde 1983. Frequentou o Curso Geral de Artes Visuais na António Arroio e o Curso Geral de Electrotecnia na Fonseca Benevides. Desde 1977 fez diversos cursos em Portugal, França e Inglaterra nas áreas de Fotografia, Mecânica, Electricidade, Electrónica, Cinema, Edição, Vídeo e Televisão. Em 1984 foi louvado pelo “Estado Maior do Exército” pelo desempenho prestado na Filmoteca do Exército. Em 1986 realizou a curta metragem “Sais de Prata” que viria a ser Prémio Ficção do Festival Juvecine, tendo sido exibido pela RTP-2. Até 1993 foi técnico de Som e Vídeo da Companhia Nacional de Bailado e do Teatro Nacional de São Carlos. Em 1993 aceitou o convite da Culturgest para coordenar os Audiovisuais.
Em 2011 apaixonou-se pela Construção Natural e tem vindo a estudar vários processos construtivos. Frequentou várias formações com mestres nacionais e estrangeiros tendo aprofundado conhecimentos em vários sistemas construtivos e materiais naturais. Nos últimos anos dirigiu o projecto Taipa 2 (edifício de Taipa concluído em 2015) onde pode experimentar e explorar algumas técnicas menos comuns, neste tipo de edifícios. Iniciou-se publicamente como formador em Bioconstrução em colaboração com a Associação Arte Estúdio Imaginário. Tenciona no futuro desenvolver e aprofundar várias técnicas concretizando novos projectos e simultâneamente contribuir para a difusão das técnicas de Construção Natural partilhando conhecimento em acções de formação.
 
Há vários anos que se dedico à aprendizagem da madeira tendo seguindo um caminho de respeito pela nobreza e complexidade deste material. Começou o percurso de aprendizagem e prática na floresta, onde desenvolveu  técnicas de gestão florestal sustentável, fazendo a recuperação de castanhais abandonados na Serra de Sintra. Pelo meio envolveu-se durante mais de um ano no restauro do Palácio do Visconde de Ouguela com a orientação do reconhecido mestre de marcenaria Luis Tomaz. Actualmente dedica-se ao estudo e à recolha da sabedoria e das ferramentas que me permitem seguir um trabalho com madeira assente numa filosofia de manualidade e naturalismo, à carpintaria e todos os trabalhos relacionados, desde a criação de peças funcionais ou construção de estruturas em madeira ou combinadas com outros materiais e técnicas de bioconstrução. É o formador de eleição de bioconstrução com madeira na Ecoaldeia de Janas tendo já direccionado mais de duas centenas de iniciantes à carpintaria em formações (ver fotos).
 
 
Bio constructor, facilitador, handy man, o Miguel Pereira tem trabalhado em várias áreas da Permacultura aplicada (habitação, turismo eventos). É formado em permacultura, bio construção e construção sustentável, e o seu percurso de aprendizagem e experiência passou pelo IPEC Brasil (referência mundial da bioconstrução e soluções para a sustentabilidade) onde começou desde aí a prestar serviços de construção natural, instalação de casas de banho secas, sistemas de aquecimento alternativos e conjugados low cost, construção de painéis solares  térmicoslow cost, entre outras. Na Ecoaldeia de Janas é um dos formadores e colaboradores tecnicos de referência na instalação de soluções de eficiência energética, simples, low cost e acessíveis, tendo sido responsável pela construção de 3 tanques de ferrocimento (ver fotos), 1 sistema de aquecimento de água com caldeira, 1 sistema termosolar e ainda um tanque de biogás para reaproveitamento energético de resíduos em decomposição.
 
 
Rui Vasques nasceu em Vitória, Espírito Santo, Brasil, 1988 mas reside em Coimbra desde criança. Cursou Design, no IADE, em Lisboa, onde prosseguiu os estudos com mestrado em Design de Produção Industrial, concluído com o Prémio IADE Melhor Aluno de Curso 2012, com a sua tese-projeto Eco-Village Community, de 20 valores, que tem apresentado e sido notícia pelo país e no estrangeiro, e que lhe abriu portas para o mundo do Empreendedorismo e Inovação Social. Movimenta-se entre a pintura, o desenho e a música, é praticante e promotor da Slackline ,tem trabalhado em vários projetos como freelancer. Neste momento é membro fundador de algumas entidades ligadas à transição para a sustentabilidade e à economia social e desenvolve a sua própria organização Live With Earth, para o Desenvolvimento Sustentável de Comunidades e Regiões. Já foi formador na Ecoaldeia de Janas com o Curso de Design Técnico de Projectos em Sustentabilidade (ver fotos)
 
 
Equipa Técnica das Oficinas do Convento (Arq. Tânia Teixeira, Arq. Nuno , Mestre Mafalda Rosário) – Oficinas do ConventoTelheiro da Encosta do Castelo
 
As Oficinas da Cerâmica e da Terra nas Oficinas do Convento desenvolvem a sua actividade em três espaços distintos: o Telheiro da Encosta do Castelo, o Laboratório de Terra e o Centro de Investigação Cerâmica. A equipa técnica convidada a partilhar a sua experiência iniciou a sua actividade com a produção artesanal de materiais de construção tradicionais, como o tijolo burro e a tijoleira. Utilizando formas de madeira, a produção é feita na eira, a céu aberto, durante o período de Março a Outubro, época que permite a secagem ao sol. No Inverno o Telheiro dedica-se à produção de materiais cerâmicos decorativos, com vidrados e engobes, para pavimentos e revestimentos de interiores e exteriores. Nuno Grenha é arquitecto e actualmente desenvolve actividade nos campos da arquitectura e da formação e em parceria com a Associação Oficinas do Convento na produção de produtos cerâmicos, blocos de terra compactados e taipa. Tânia Teixeira é arquitecta e já colaborou com ateliers internacionais (OBR – Open Building Research, GEZA – Gri e Zucchi architetti associatti, Touraterre) sendo o seu interesse pela sustentabilidade e a arquitectura vernacular fundamental na sua actual actividade com as OC, organizando eventos e formações relacionados com o tema da construção a baixo impacto ambiental e a km 0, mais concretamente sobre a construção com terra crua. 
 
Diogo Pires  – GEOBIOTEC
Diogo Pires é licenciado e mestre em Conservação e Restauro de edifícios antigos, investigador convidado do GEOBIOTEC e fundador e ex-CEO de uma empresa de argamassas tradicionais (DDL argamassas) spin-off da Universidade de Aveiro. Tem vindo a desenvolver diversos trabalhos na área das argamassas, sistema de construção tradicionais (adobe, tabique, taipa e azulejo), formador e palestrante em eventos sobre o tema e em co-organização do Centro da Terra e Trienal de Arquitetura

 

Detalhes

Início:
15 Agosto, 2016 às 9:00
Fim:
21 Agosto, 2016 às 18:00
Custo:
€40 - €250

Organizador

CESA | Ecoaldeia de Janas
Telefone:
934614320
Email:
cesa@ecoaldeiajanas.org
Site:
ecoaldeiajanas.org